13 janeiro, 2016

Resenha - Zoo


Título: Zoo
Autores: James Patterson e Michael Ledwidge
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2015
Gênero: Romance policial/Suspense/Mistério

Sinopse: Algo está acontecendo na natureza
Uma misteriosa doença começa a se espalhar pelo mundo. Inexplicavelmente, animais passam a caçar humanos e a matá-los de forma brutal. A princípio, parece ser algo que se dissemina apenas entre as criaturas selvagens, mas logo os bichos de estimação também mostram suas garras e as vítimas se multiplicam.
A humanidade é presa fácil
Apavorado, o jovem biólogo Jackson Oz assiste a escalada dos acontecimentos. Ele já previu esse cenário alarmante há anos, mas sempre foi desacreditado por todos. Depois de quase morrer em uma implausível emboscada de leões em Botsuana, a gravidade da situação se mostra terrivelmente clara.
O fim da civilização está próximo.
Com a ajuda da ecologista Chloe Tousignant, Oz inicia uma corrida contra o tempo para alertar os principais líderes mundiais, sem saber se as autoridades acreditarão em um fenômeno tão surreal. Mas, acima de tudo, é necessário descobrir o que está causando todos esses ataques, pois eles se tornam cada vez mais ferozes e orquestrados.
Em breve não restará nenhum esconderijo para os humanos...
Zoo foi a minha primeira leitura do ano, comecei o ano com o pé direito, pois amei o livro. Eu resolvi que queria ler ele depois de começar a assistir a série, conforme ia assistindo fui achando o tema muito interessante e tive que ler e não me arrependo e quem tiver oportunidade leia.

Tudo começa no zoológico de Los Angeles, o casal de leões Mosa e Dominick começam a ter reações estranhas e atacam o seu tratador e conseguem fugir do zoológico e vão a procura de mais sangue, mais vítimas, o cheiro humano está deixando eles cada vez mais ansiosos pela caça.

Jackson conhecido como Oz já havia tentado alertar que algo não estava certo com os animais, mas não foi ouvido. Naquela manhã ele começa a ouvir notícias de ataques de animais em vários lugares diferentes. Oz acredita que os animais estão passando por algum tipo de evolução e assim transformando os humanos em suas presas.
Oz tem um parceiro de apartamento que se chama Attila e nada mais é do que um chipanzé, pois é ele foi resgatado de um laboratório e agora é o companheiro de Oz.

Abraham Bindix liga para Oz contando sobre os ataques de leões que estão ocorrendo na África, ele conta que uma aldeia perto de Zimbábue foi dizimada. Lá os ataques também estão ocorrendo e o comportamento dos animais é estranho, Oz decide ir para lá. Logo que Oz encontra Abraham eles vão para a fazenda onde o seu irmão estava e já não mantinham contato fazia dias, chegando lá perceberam que tudo estava abandonado, algumas pessoas já tinham fugido e outras estavam tentando fugir por causa do comportamento dos leões. Muitos acreditam que isso está ocorrendo por causa de alguma magia negra, que os Deuses estão punindo-os.
Depois de Oz e Abraham serem seriamente atacados, Oz conseguiu recuperar a sua câmera e ali estava a prova do que estava acontecendo, agora ninguém poderia contestar, ou debochar de suas teorias, mas Oz precisava se manter vivo para poder levar aquela prova até as pessoas certas. Ao tentar voltar para o acampamento Oz encontra uma mulher pedindo socorro, ela estava prestes a ser atacada por crocodilos, ele consegue ajudá-la e juntos  chegam ao acampamento. Ela é Chloe, bióloga que estava na África estudando o comportamento dos pássaros, eles estavam aumentando em número de maneira absurda e demonstrando que algo no equilíbrio ecológico não está correto.

Oz e Chloe vão para Washington onde ele mostra o vídeo para vários cientistas, agora Oz conseguiu chamar a atenção deles para o que estava acontecendo e várias teorias começaram a ser levantadas e uma delas é que os animais podem estar prevendo alguma catástrofe.
Depois de cinco anos, os ataques continuavam, muitas autopsias foram feitas e a cada pergunta respondida várias outras surgiam, o porquê daquilo estar acontecendo não é sabido ainda.
Oz fica cada vez mais revoltado com a maneira que os governantes estão lidando com o CAH (Conflito entre Animais e Humanos), eles acreditam que a solução para tudo é exterminar os animais. Ele faz uma nova descoberta e acredita ter encontrado o porquê de tudo estar acontecendo, ele acredita que tem a ver com feromônio, de alguma maneira a raiva está sendo provocada por um agente químico, pelo cheiro.
A solução até foi encontrada, mas nós humanos estamos preparados para viver sem a tecnologia e suas funcionalidades. Será que estamos prontos para viver uma vida sem tantas regalias?

Esse é o primeiro livro que leio desse autor e já no início me apaixonei pela escrita, é leve, direta, os capítulos são pequenos. A leitura fluiu de maneira rápida, leve, envolvente, empolgante e muito instigante. Eu achei esse tema fascinante e por horas me vi pensando se isso poderia realmente acontecer um dia.
Oz muitas vezes passa aquela imagem de cientista maluco, mas ele está certo e convicto de que algo deve ser feito em relação ao que está acontecendo, ele é inteligente e não dá para entender porque ele simplesmente largou tudo, a sua vida girava somente em torno do CAH.

Conforme a leitura vai evoluindo para o final, os ataques vão ocorrendo cada vez mais e o que é impressionante é a descrição de certos ataques, são aterrorizantes e é impossível não imaginar como seria se fosse real.

Eu gosto bastante dessa capa, mas acho que ela tem mais ligação com a trama da série, se alguém aqui assistiu a série sabe que a trama gira em torno da Teoria da Pupila Contestadora, o que no livro não aparece e por isso acho que a capa não interage tão bem com a história narrada no livro.

Trailer da série:


6 comentários

  1. Bem intrigante e cheio de suspense este livro muito misterioso o comportamento dos animais em relação as pessoas uma leitura bem impactante.

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei. Li um livro dele há anos e lembro que gostei demais da escrita do autor. Acho que vou procurar essa obra. Gostei da sua resenha.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  3. Que incríveeeeel, ameeei!!
    Confesso que só de nome o livro não tinha me chamado a atenção,porém, essa é a primeira resenha que leio e achei demais!!!
    Estou supera fim de lê-lo, apesar de dar um medão de ler essas coisas kkkkkk me lembrou um pouco a premissa daquele filme Fim dos tempos.
    Vou querer ler logo logo,
    bjãoooo

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Uhulll, tinha comentado no outro post que esperava pela resenha desse livro, e aqui está,pra ver como sou cabeçuda (nem tinha visto haha) , mas fiquei com muita vontade de ler Zoo.
    Como o mundo anda virado hoje, eu não ficaria surpresa de isso acontecer de verdade haha.
    Na verdade eu até gostaria,claro como se fosse aquela expressão do Olho Por Olho e Dente Por Dente, onde "humanos"(se é que podemos chamar assim) fazem isso com os animais, acho que eles deveriam dar o troco da mesma forma.

    Amei sua resenha e pretendo ver a série e ler o livro em breve!

    ResponderExcluir
  6. Eu não fazia ideia do que se falava o livro, mesmo já conhecendo por já ouvir muitas pessoas falarem, tanto da série quanto do livro. O genero não é bem meu tipo mais já li coisas desse tipo. Acho bacana que alguns autores descreverem bem certas coisas, tipo os ataques parece meio que a gente tá la na historia, vivenciando aquele acontecimento.

    ResponderExcluir

Olá!!!
Obrigada pela visita.
Sua opinião é muito importante para mim.
Deixe o link do seu blog ou site para eu retribuir a visita.
Beijos Lizi