15 setembro, 2014

Reportagem - Série testa reação das pessoas ao ver menino de rua pedindo um livro

Gente quando vi o vídeo me emocionei demais com a reação das pessoas, tá aí a prova de que para ajudar não é preciso gastar, como uma das pessoas diz na reportagem, o que ela fez não só faz bem para o menino como faz bem para ela mesma, ajudar faz a gente se sentir bem, se todos nós nos propuséssemos a fazer o ato de ajudar alguém uma vez por dia o mundo seria bem melhor.

Para assistir o vídeo clique na imagem


Reportagem retirada do site G1.
Jovem ator se passou por um menino de rua para fazer pedido surpreendente em 'Vai fazer o quê?'.

Na nova temporada de “Vai fazer o quê”, O Fantástico já mostrou uma cachorrinha passando por apuros nas mãos de um dono descontrolado. E a discussão que surgiu depois que uma mulher estacionou indevidamente numa vaga pra idoso. A cena deste domingo, infelizmente, é tão comum que, de longe, não chamaria a atenção. Mas quem chegou mais perto se surpreendeu.

Um jovem ator se passou por um menino de rua para fazer um pedido surpreendente: não é comida, não é dinheiro. É um livro.

A pressa é tanta que muita gente nem escuta o pedido e já dispara a resposta padrão: “Não tenho”.

Uma moça voltou. Ela já tinha passado e prometeu que voltaria para comprar um livro. Um grupo com um homem e duas mulheres passou direto pelo menino, mas o rapaz acabou voltando espontaneamente. Eles compraram o livro e ainda leram para o garoto.

Tem gente que passa direto e nem olha para o menino, mas também tem gente preocupada com um menino daquela idade no meio da rua. Durante as gravações, ondas de generosidade: gente que não pensou duas vezes em realizar o desejo do menino.

Lindo demais, impossível não se emocionar!!!
Beijão a todos!

15 comentários

  1. Eu parei pra pensar e não cheguei à uma conclusão sobre qual teria sido a minha reação. Parte de mim adoraria comprar um livro para o menino; outra se perguntaria o porquê dele pedir um livro ao invés de comida, roupa, etc.

    Mas fiquei tocada com a forma como algumas pessoas reagiram. Realmente, as pessoas podem nos surpreender.

    ternatormenta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Emocionante. Assisti agorinha e fiquei bem emocionada. Não por ele ter pedido um livro, mas pela situação criada. Muitas crianças vivem nesse estado e não encontram uma mão amiga e ver que ainda existe bondade é muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Hoje estou vendo muito sobre essa reportagem.
    Ontem me emocionei também, principalmente quando a primeira mulher volta para comprar o livro para ele. Adorei a reportagem.
    Se todos fossem como essas pessoas que pararam para comprar o livro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi lilica!!!

    Eu assisti a reportagem e também me emocionei.
    Me pus no lugar das pessoas que o ouviram pedir e tenho certeza que os meu coração na hora ia doer e meus olhos iam encher de lagrimas. Me assustaria também, porque o "normal" é o pedido de alimento, dinheiro e não um livro.
    E concordo com o que a mulher disse, ela fez um bem para e para ela.
    Amei você ter dedicado um post a isso.

    Obrigado e beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Achei super lindo tambem *--*
    Muito emocionante. Eu compraria o livro viu! Pode ter certeza. Leitura sempre!

    Abraços
    David Andrade

    ResponderExcluir
  7. Lilica!
    Assisti e fiquei bem emocionada principalmente porque a educação é a base fundamental para tudo e ainda tende a mostrar o preconceito que temos no dia a dia.
    Boa semana!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu vi essa reportagem, achei muito linda!
    Quando nós veríamos uma criança de rua pedindo um simples livro? nunca.
    Gostei muito da reação das pessoas, dá pra ver que existem pessoas que tem o coração bom e são essas que fazem a diferença.
    Eu compraria um livro sem pensar duas vezes!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Poxa eu me emocionei assistindo esta reportagem, eu sempre presto atenção no que me pedem na rua, porque uma vez quase fui assaltada assim, por isto eu acabo sendo uma das pessoas que diz não, sempre que acabo me sentindo mal e volto para ajudar. Acho que este é um dos maiores problemas.

    Larissa (www.laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  11. um amigo me falou sobre essa reportagem na segunda, não tinha tido tempo de ver ainda... adorei achar por aqui e devo dizer que fiquei com os olhinhos marejados em algumas partes... coisa mais lina de se ver.... acho que se acontece comigo iria ficar num derretimento só... agora me deu vontade de sair por ai dando livros...

    ResponderExcluir
  12. Oi Lizie, eu vi a reportagem e achei muito interessante as pessoas não só pararem e comprarem o livro, mas também lerem para o guri. Muito bom.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. Nooooossa nem acredito que nao assintir depois que acabou que vi
    as publicaçoes no intagram que pena
    Vou assintir agora aquii link
    http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/09/serie-testa-reacao-das-pessoas-ao-ver-menino-de-rua-pedindo-um-livro.html



    B-maluco.tk
    Instagram: @Blog_maluco (http://instagram.com/blog_maluco)

    ResponderExcluir
  14. Vi a reportagem e adorei,e mesmo algumas pessoas passando direto pelo garoto outras tiveram a disponibilidade de parar e até oferecer um pouco de seu tempo,muito boa essa reportagem e quem nem ao menos ouviu o menino e já disparou a resposta padrão "não" devia sentir vergonha e se preocupar um pouco mais com seu próximo.

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente situações de extrema pobreza no Brasil são frequentes, principalmente em cidades grandes, como a que eu vivo. Não sabia desse quadro no programa, mas eu gostei bastante ao ler aqui. É bom para abrir a mente das pessoas.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir

Olá!!!
Obrigada pela visita.
Sua opinião é muito importante para mim.
Deixe o link do seu blog ou site para eu retribuir a visita.
Beijos Lizi